cartórios de treviso
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Cartórios de Treviso: ajuda importante na cidadania italiana

Os cartórios de Treviso provavelmente farão parte da busca pela cidadania italiana. Essa cidade foi origem da maioria dos imigrantes italianos no Brasil.

Mas antes de falar sobre o assunto é importante dizer que não existem cartórios em Treviso, mas sim “Escritório do Estado Civil” (Ufficio dello Stato Civile, em italiano).

Um departamento que é responsável por manter atualizados os atos de nascimento, casamento, morte e as cidadanias. O que não deixa de ser um cartório. Concorda?

A comuna de Treviso fica na província de Treviso, lembrando que comuna são as cidades e províncias são as divisões territoriais dentro dos estados da Itália.

Para ficar mais claro:, a Itália tem estados, províncias e municípios.

Por sua vez, Treviso fica na região de Vêneto, umas das 20 que compõem a Itália, e a oitava maior do país, com 4,2 milhões de habitantes.

Cartórios de Treviso guardam muitas informações

A cidadania italiana leva os brasileiros a buscarem sua árvore genealógica na Itália. É aí que entra a importância dos cartórios de Treviso, cidade que se orgulha de ter enviado a maioria dos italianos ao Brasil.

Na busca pela comprovação da ascendência italiana, é importante ter em mãos documentos oficiais que comprovem essa ligação.

Na falta de informações exatas, será preciso muita pesquisa. Portanto, o primeiro passo é saber onde o registro foi feito. Em seguida, sabendo a localização, será necessário buscar a certidão.

Registros podem estar em igrejas

Como a maioria dos italianos que chegaram ao Brasil nasceram entre 1860 e 1890, parte dos registros estão em igrejas, onde eram feitos antes dos cartórios. Isso porque os registros civis em cartórios iniciaram na Itália em setembro de 1871.

Assim, é necessário descobrir pelo menos o período aproximado do nascimento de seu ascendente italiano. O passo seguinte é procurar pelo registro em uma das 300 igrejas de Treviso ou em algum Ufficio dello Stato Civile, como são chamados os cartórios italianos.

Assessoria é fundamental

É importante também lembrar que o primeiro passo no processo de obtenção da cidadania italiana é montar uma árvore genealógica precisa da família. Nesse momento, é necessário buscar informações sobre os pais e avós, por meio de certidões ou mesmo conversando com parentes.

Existem também sites que ajudam nessa pesquisa. E, mais importante ainda, existe uma empresa especializada em todo processo de cidadania italiana, que pode ajudar em cada passo dessa busca.

Para mais informações, basta entrar em contato com a Bendita Cidadania.






    Share on twitter
    Share on facebook
    Share on linkedin
    Share on whatsapp
    Share on telegram