Abano Terme

Conheça o comune de Abano Terme, no Vêneto

Abano Terme, uma das maravilhosas 7.901 cidades italianas, é um verdadeiro tesouro situado na bela região de Padova, no coração do Vêneto, ao norte da Itália.

Segundo dados recentes do Instituto Nacional de Estatística da Itália, também conhecido como ISTAT, esta encantadora cidade é o lar de aproximadamente 20.123 residentes. São 9.556 homens e 10.567 mulheres que contribuem para a rica tapeçaria cultural e histórica de Abano Terme.

Essas informações foram coletadas no Censo de 2021, refletindo a realidade atual deste pedaço do paraíso italiano.

Descubra suas raízes italianas com a ajuda da Bendita Cidadania

Se você chegou até aqui em busca das suas raízes italianas, temos uma ótima notícia para você. A equipe de genealogia da Bendita Cidadania está pronta para te auxiliar nas pesquisas e na busca das certidões que comprovam a sua ancestralidade italiana, seja em Abano Terme ou em qualquer outro comune da Itália.

Preencha o formulário abaixo e dê o primeiro passo em direção à descoberta de suas origens:






    Deixe-nos ajudá-lo a traçar sua história familiar e a reconectar-se com suas raízes italianas. Juntos, vamos desvendar os segredos do seu passado e abrir as portas para um emocionante mundo de descobertas genealógicas.

    Informações de contato

    Caso deseje entrar em contato com a administração local de Abano Terme (comune), aqui estão os principais meios de comunicação:

    Explorando as distinções entre regiões e províncias na Itália: Origens e funções

    As divisões administrativas da Itália, nomeadamente as regiões e províncias, possuem origens e funções específicas que desempenham um papel crucial no complexo sistema de governo do país. Vamos aprofundar essas distinções para um entendimento mais claro:

    Regiões italianas

    Origens: As regiões italianas, também conhecidas como “regione” em italiano, são as principais subdivisões do país, totalizando 20 no total. A origem desse sistema remonta a 1948, quando a Constituição Italiana foi promulgada. Esta constituição estabeleceu a República Italiana como um Estado democrático e federal, concedendo às regiões considerável autonomia.

    Funções: As regiões possuem ampla autonomia em diversas áreas, abrangendo educação, saúde, meio ambiente, cultura, transporte e planejamento territorial. Isso permite que elas adaptem políticas e regulamentações de acordo com as necessidades específicas de suas populações. Algumas regiões, como a Sicília e a Sardenha, desfrutam de um status especial, o que lhes confere ainda mais autonomia.

    Províncias italianas

    Origens: As províncias italianas, conhecidas como “provincia” em italiano, são subdivisões administrativas dentro das regiões. Sua origem remonta a 1860, com a unificação da Itália sob o Rei Vittorio Emanuele II. As províncias foram estabelecidas com o propósito de organização administrativa e territorial. Cada província é liderada por um “Prefeito” (ou Presidente da Província), responsável pela administração local.

    Funções: As províncias desempenham um papel mais restrito em comparação com as regiões, concentrando-se principalmente em questões administrativas locais e na prestação de serviços públicos, como registro civil, registro de veículos, segurança pública e manutenção de estradas provinciais. Sua autonomia é limitada, uma vez que operam sob as políticas e regulamentações estabelecidas pelas regiões.

    Evolução do sistema administrativo

    Vale ressaltar que o sistema administrativo italiano passou por mudanças ao longo do tempo. Nas últimas décadas, as regiões conquistaram mais autonomia, refletindo o desejo do país de descentralizar o poder do governo central em Roma.

    Essa evolução visava atender às necessidades de regiões com características e necessidades diversas, como a diferença entre a região montanhosa de Trentino-Alto Ádige e a agitada Lombardia. O objetivo era permitir que as regiões adaptassem suas políticas de acordo com sua realidade local, levando em consideração questões culturais, econômicas e geográficas.

    As províncias, por outro lado, têm um papel mais específico na organização administrativa e possuem uma autoridade limitada.

    Essas complexas divisões administrativas são uma parte fundamental da rica tapeçaria cultural, histórica e geográfica da Itália, que enriquece a identidade nacional e regional do país.

    Explorando as regiões da Itália

    • Abruzzo: Situada no centro-sul da Itália, esta região é famosa por suas paisagens montanhosas e parques nacionais que oferecem uma riqueza de belezas naturais.
    • Basilicata: Localizada no sul da Itália, é reconhecida por sua paisagem montanhosa e cidades históricas que contam histórias antigas.
    • Calábria: Apelidada de “ponta da bota” da Itália, a Calábria é famosa por suas praias deslumbrantes, montanhas majestosas e culinária picante.
    • Campania: Aninhada no sul da Itália, a região da Campania é o lar de cidades icônicas, incluindo Nápoles, e é abençoada com beleza natural, destacada pela Costa Amalfitana.
    • Emília-Romanha: No norte da Itália, esta região é um paraíso gastronômico, famosa por pratos deliciosos como o presunto de Parma e o queijo parmesão.
    • Friuli-Venezia Giulia: Situada no nordeste da Itália, essa região é conhecida por suas vinhas pitorescas e paisagens alpinas de tirar o fôlego.
    • Lácio: Abrigando a majestosa capital, Roma, o Lácio é um tesouro de sítios históricos e culturais que mergulha nos anais da história.
    • Ligúria: Costeira e encantadora, a Ligúria, no noroeste da Itália, é famosa por suas cidades à beira-mar pitorescas e uma culinária rica em frutos do mar.
    • Lombardia: No norte da Itália, Lombardia é a região mais populosa do país e é um importante centro financeiro, com Milão como sua joia da coroa.
    • Marcas: Localizada no coração da Itália, a região das Marcas é reconhecida por suas cidades muradas e praias à beira-mar, oferecendo uma experiência encantadora.
    • Molise: Uma jóia nas montanhas do centro-sul da Itália, Molise é conhecida por sua serenidade e beleza natural intocada.
    • Piemonte: No noroeste da Itália, o Piemonte é famoso por seus vinhos requintados, trufas saborosas e paisagens alpinas deslumbrantes.
    • Puglia: Conhecida como a “ponte do salto,” a Puglia, no sudeste da Itália, é renomada por suas cidades de pedra branca e seu litoral pitoresco.
    • Sardenha: Uma grande ilha no Mar Mediterrâneo, a Sardenha é famosa por suas praias de areia branca e uma cultura única que evoca uma sensação de independência.
    • Sicília: A maior ilha do Mediterrâneo, a Sicília, no sul da Itália, é famosa por suas cidades históricas, vulcões ativos e uma culinária irresistível.
    • Toscana: Situada no coração da Itália, a Toscana é conhecida por suas paisagens rurais idílicas, cidades históricas e o esplendor da arte renascentista.
    • Trentino-Alto Ádige: Uma região no extremo norte da Itália, o Trentino-Alto Ádige é caracterizado por suas majestosas montanhas e uma influência cultural alemã notável.
    • Úmbria: No coração da península italiana, a Úmbria é famosa por suas paisagens campestres serenas, cidades medievais encantadoras e igrejas históricas.
    • Vale de Aosta: A menor região da Itália, situada no noroeste, o Vale de Aosta é famoso por suas paisagens alpinas espetaculares, que cativam os amantes da natureza.
    • Vêneto: Abrangendo o nordeste da Itália, o Vêneto é o lar de cidades históricas, incluindo a deslumbrante Veneza, bem como paisagens montanhosas que cativam a imaginação.

    Aproveite esta jornada de descobertas e mergulhe na rica diversidade que a Itália tem a oferecer em suas regiões fascinantes. E se precisar achar a sua certidão em Abano Terme, conte com a experiência da Bendita Cidadania.